Passado e arrependimento – Entenda a vontade de Deus para sua vida

            Existem erros que acabam nos marcando para sempre… Mesmo depois de orar, pedir e implorar pelo perdão de Deus e das pessoas, sempre existe aquele erro que nos corrói por dentro.

O tempo pode passar, a vida continuar, mas só Jesus sabe a dor que a gente leva no coração por ter pecado um dia. Mesmo que não seja algo grave, acredito que todas as pessoas levam um sentimento assim.

Uma decisão mal tomada, uma atitude sem pensar, uma palavra dita no momento de raiva, e até mesmo, erros grotescos, que infelizmente temos que engolir, simplesmente pelo fato de não conseguir esquecer.

Mas vamos tratar de entender de fato, qual é a razão e o sentido de tudo isso.

O arrependimento é um fruto que o próprio Espírito Santo desenvolve em nós. Através de um alerta de consciência, ele trata de corrigir nosso caráter, e modelá-lo, conforme sua vontade.

A questão, é que para que isso venha a acontecer, é preciso que a pessoa esteja aberta para mudanças, pois Ele, nunca ultrapassará o limite do livre arbítrio.

Existem, basicamente, dois tipos de pecado… Aquele que está relacionado às debilidades e fraquezas humana, e aquele que se refere ao caráter do indivíduo.

Sendo assim, o pecado que diz respeito a fraquezas da carne, falhas humanas e erros levados pelo instinto, são considerados normais pela população, enquanto os erros de caráter, são considerados graves, e devem ser punidos com rigidez.

Deus por outro lado, enxerga as coisas de uma maneira diferente, perdoando tanto um como o outro de maneira igual, para aquele que se arrepende e crê em sua misericórdia.

Mas é preciso que a pessoa, esteja disposta a deixar o pecado para trás, juntamente com seu passado, para que ele seja apagado de fato.

Mas o que fazer quando eu não consigo esquecer o meu erro?

Para que você possa superar um pecado, é preciso aclará-lo, ou seja, trazê-lo para a luz. Mesmo que seja preciso confessá-lo.

Confesse-o para Jesus, explicando exatamente, como você se sente, mostrando para ele sua tristeza em ter cometido aquela atitude, e sua vontade de superá-la de uma vez por todas.

Caso sinta que isso não é o suficiente, procure a ajuda de seu pastor, pois guardar isso dentro de você, somente irá piorar as coisas. Fale como está se sentindo, como se ele fosse o próprio Jesus cuidando de você, e receba aquela orientação como se Ele mesmo estivesse te ensinando.

O pecado que não for confessado, não pode ser considerado revelado por Jesus, e consequentemente, não pode ser exposto ao sangue de Cristo, para a sua respectiva remissão.

Essa atitude de honestidade em reconhecer seu erro, e mostrar arrependimento das atitudes que tomou no passado, é a chave para o perdão genuíno, que salva e liberta.

Portanto, não viva como uma pessoa falsa, que esconde seus sentimentos e leva consigo a dor de seus erros pelos anos que vão passando, é comum sentir remorso e dor pelas coisas do passado, mas é você quem decide se continuará levando esse sentimento consigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.